EUA e Brasil levam Américas a ter 53,7% dos casos mundiais de Covid-19

De um total de 15,7 milhões, cerca de 8,4 milhões estão concentrados nas Américas. EUA ultrapassa a marca de 4,1 milhões de infectados e volta a registrar aumento na média de mortes diárias. Ao subestimar valor da ciência, líderes populistas como Trump e Bolsonaro falharam no combate à pandemia, aponta ‘Associated Press’. “Os países que lideram o ranking mundial de mortes por Covid-19 não são os mais pobres, os mais ricos ou até os mais densamente povoados. Mas eles têm uma coisa em comum: são liderados por populistas”, destaca a agência

Ler mais

Alertado sobre efeitos trágicos da pandemia, Pazuello omitiu-se, revela ‘Estadão’

Segundo técnicos do Comitê de Operações de Emergência (COE) que estiveram reunidos com o ministro interino da Saúde em 25 de maio, sem medidas de isolamento social, os efeitos da Covid-19 irão repercutir por até dois anos no país, inclusive sobre a retomada da economia. Ata da reunião foi obtida e revelada pelo ‘Estadão’ nesta quinta-feira (23). Especialista em relações entre pandemias e direito internacional, jurista Deisy Ventura vê “política de extermínio em curso”

Ler mais

CNB - Construindo um novo Brail

Área de publicação.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Autenticação

Entre com suas credenciais