Fora, Temer: milhares saem às ruas em todo o Brasil contra o golpe

Maior ato ocorreu em São Paulo; em Fortaleza, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre e em diversas outras cidades também houve manifestações...

Neste 31 de agosto de 2016, que entrou para a História como um dos dias em que o Brasil sofreu um duro golpe, manifestantes foram às ruas de todo o País para protestar contra o atentado à democracia promovido por Michel Temer eEduardo Cunha com a anuência de parte do Congresso Nacional e do Senado Federal.

Os maiores atos aconteceram em São Paulo, onde os manifestantes tomaram Avenida Paulista; no Rio de Janeiro, onde o ato ocorre na praça da Cinelândia; e emBrasília, com concentração na Praça dos Três Poderes.

São Paulo, SP

Uma multidão se reuniu em frente ao Museu de Arte de São Paulo (MASP) e outro na praça do Ciclista, ambas na avenida Paulista. Mais tarde, os grupos se uniram e caminharam pela rua da Consolação até a praça Roosevelt.

Entre os manifestantes, membros de grupos como o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), da União Nacional dosEstudantes (UNE), União Estadual dos Estudantes (UEE) e União da Juventude Socialista (UJS). “ Fora Temer”, “golpistas, fascistas, não passarão” são as palavras de ordem mais entoadas pelos manifestantes.

(foto: Nunah Alle/Mídia Ninja)

(foto: Nunah Alle/Mídia Ninja)

Av. Paulista / Foto: Jornalistas Livres

Av. Paulista / Foto: Jornalistas Livres

Relatos nas redes denunciam forte reação da Polícia Militar, que avançou contra os ativistas e lançou muitas bombas de gás lacrimogênio.

Mesmo assim, a manifestação continuou pacificamente. “A Paulista está lotada de uma juventude guerreira, muita mulher, pra declarar esse perfil do golpe que é um golpe misógino, machista e homofóbico”, afirmou a ativista Jordana Pereira.

Veja no vídeo abaixo como foi a repressão policial à manifestação:

 

Coordenação

Construindo Um Novo Brasil.

Website: construindoumnovobrasil.com.br/

É uma corrente interna do PT, da qual fazem parte alguns dos principais ministros do nosso governo e o próprio Luiz Inácio Lula da Silva, entre outros quadros importantes. A corrente nasceu em 1983, a partir do Manifesto dos 113, que buscou organizar o grande número de militantes...