Lula envia carta à 3ª Feira Nacional da Reforma Agrária do MST

 

Ex-presidente: “A Feira é uma demonstração para a sociedade do resultado da luta do MST”...

 

Recebida com grande entusiasmo entre os que visitavam a 3ª edição da Feira da Reforma Agrária, a carta do ex-presidente Lula à Feira em São Paulo foi lida durante a conferência “Alimentação Saudável: um direito de todos e de todas”, emocionando as milhares de pessoas presentes na manhã deste sábado (05,) no Parque da Água Branca.

“Eu já estive duas vezes na Feira Nacional da Reforma Agrária em São Paulo. Esse ano não posso estar com vocês. Mas espero em breve estarmos juntos de novo, construindo o país melhor, pelo qual sonhamos e seguimos na luta”, destaca trecho da carta do ex-presidente.

Confira na íntegra a carta de Lula à 3ª Feira Nacional do MST:

Caros amigos do MST,

Há décadas o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra luta para que brasileiros tenham direito a trabalhar e produzir alimentos saudáveis no nosso país.

Enfrentando preconceitos e muitas vezes força bruta dos defensores de que a terra seja apenas uma mercadoria, muitas vezes usada apenas para especulação. Nessa trajetória houve muitos sacrifícios, pessoas queridas que não conseguiram ver as muitas vitórias do movimento, com famílias assentadas e produzindo um futuro melhor para o seus filhos e o Brasil.

Eu já estive duas vezes na Feira Nacional da Reforma Agrária em São Paulo. Ela é uma demonstração para a sociedade, no coração da metrópole, do resultado da luta do MST: famílias com uma vida digna no campo e alimentos saudáveis para a cidade. Mais de 70% do alimento consumido pelo brasileiro vem da agriculturafamiliar.

Esse ano não posso estar com vocês. Mas espero em breve estarmos juntos de novo, construindo o país melhor – mais solidário, mais humano, menos desigual – pelo qual sonhamos e seguimos na luta.

Forte abraço,
Lula

Por MST

Coordenação

Construindo Um Novo Brasil.

Website: construindoumnovobrasil.com.br/

É uma corrente interna do PT, da qual fazem parte alguns dos principais ministros do nosso governo e o próprio Luiz Inácio Lula da Silva, entre outros quadros importantes. A corrente nasceu em 1983, a partir do Manifesto dos 113, que buscou organizar o grande número de militantes...