Haddad tem 99,4% de chances de ser o novo presidente, diz matemático da USP

 

Análise baseada na série de pesquisas presidenciais leva em consideração os dois turnos da eleição presidencial...

 

Uma análise baseada na série de pesquisas presidenciais do Ibope e do Datafolha feita pelo matemático Sérgio Wechsler, professor da Universidade de São Paulo (USP) e PhD em Estatística pela Universidade de Berkeley, na Califórnia, mostra que Fernando Haddad (PT) tem 99,4% de chances de ser o novo presidente do Brasil – levando-se em consideração os dois turnos da eleição.

No relatório encomendado pela consultoria GO Associados, o qual a Fórum teve acesso, Wechsler analisa as pesquisas divulgadas até esta segunda-feira (24). Segundo ele, este levantamento dá 99,5% de probabilidade de um segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad. A disputa Bolsonaro x Ciro Gomes (PDT) teria o 0,5% restante.

“No 2º. turno, Bolsonaro perderia para Fernando Haddad: o candidato petista tem, no momento, formidáveis 99,96% de chances de bater Bolsonaro na disputa final. Considerados os dois turnos, Haddad tem, no momento, 99,4% de probabilidade de ser o próximo presidente da República”, diz o professor da USP, que utiliza a abordagem bayesiana para construir a matriz de probabilidades.

Ainda segundo o matemático, “entre as reduzidíssimas chances de Ciro Gomes e
Jair Bolsonaro, há uma filigrana aritmética: Ciro tem mais chance que Bolsonaro de subir a rampa”.

Confira abaixo o gráfico do estudo:

 

Da Revista Fórum

Coordenação

Construindo Um Novo Brasil.

Website: construindoumnovobrasil.com.br/

É uma corrente interna do PT, da qual fazem parte alguns dos principais ministros do nosso governo e o próprio Luiz Inácio Lula da Silva, entre outros quadros importantes. A corrente nasceu em 1983, a partir do Manifesto dos 113, que buscou organizar o grande número de militantes...